Facebook

Oficinas Diárias (30 jul a 3 ago)

Sim, Senhor Doutor

30 de Julho (2.ª f)

Que coisa estranha este meu coração.
Às vezes mal dou por ele outras vezes não cabe no meu peito.
Ora parece um maestro ora um instrumento musical.
E agora descobri que ele e o meu pulmão são muito amigos…
Pois é! Quando o meu coração bate mais forte a minha respiração fica diferente.
Para perceber os mistérios do coração eu e os meus colegas vamos frequentar esta oficina.

Afinal que anda o coração e o pulmão a aprontar?
Eu quero saber, e tu?

Vamos conhecer os nossos vizinhos. 3…2…1… Descolar!

31 de Julho (3.ª f)

Como já sabes, a Terra não está sozinha. Com os pés na terra e o olhar “voando” para as estrelas, é-nos difícil perceber que o nosso planeta não é mais do que um dos inúmeros corpos celestes que formam a nossa galáxia, a Via Láctea. Começa a contagem decrescente e descola nesta aventura pelo mundo da astronomia, a bordo de um foguetão que tu mesmo vais construir.

O Universo invisível da vida

1 de Agosto (4.ª f)

Para construíres uma casa ou qualquer outra construção, precisas de um projeto. Do mesmo modo, os seres vivos também possuem em todas as céulas informações muito importantes para a construção do organismo. Nesta atividade vais conseguir não só descobrir mais sobre estas minúsculas e tão importantes informações escondidas sob a forma de um código, mas também ver o que normalmente não é visto.

Adivinha quem sou

2 de Agosto (5.ª f)

As sombras podem ser divertidas ou assustadoras.
As sombras podem ser grandes, pequeninas ou distorcidas.
Podem ser feitas só com as mãos, com cartolina ou com o corpo todo.
O teatro de sombras terá nascido na China ganhando depois o mundo.
Agora é a tua vez de aprender um bocadinho mais sobre o mundo mágico das sombras e a sua ciência.

Detetives na cozinha

3 de Agosto (6.ª f)

O que esconde aquilo que comes? Certamente já te disseram que não podes estar sempre a comer alimentos com sal, como batatas fritas, por exemplo. Sabes porquê?
Neste dia tu serás o investigador e irás pesquisar o sal que está escondido nos alimentos que são consumidos habitualmente.
Certamente ficarás surpreendido.